quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Análise do jogo.



Aventurando por Sete Lagoas:

Como estou de férias, levei toda a família para Sete Lagoas para ver a estréia do nosso CRUZEIRO na Libertadores 2011.

1) Saí de Belo Horizonte as 16 horas e 30 minutos. Trânsito péssimo, estrada sendo reformada e muito ruim também.

2) Cheguei em Sete Lagoas as 18 horas e trinta minutos. Fui direto para casa da minha irmã que reside nesta cidade.

3) Fomos jantar em um shopping na mesma Avenida onde fica a Arena do Jacaré. Shopping lotado de Cruzeirenses e um ambiente muito bom.

4) Como já estava com o ingresso comprado desde Belo Horizonte, levei todos para a casa de minha irmã e as 21 horas saí de lá para a Arena do Jacaré.

5) As 21 horas e 10 minutos cheguei a Arena do Jacaré, parei facilmente o carro em um estacionamento ao lado de um motel bem em frente ao estádio. Paguei 8 reais para parar lá. Até aqui foi tudo muito fácil.

6) Ao entrar na área do estádio vi que as coisas iriam começar a se complicar. O portão 2 onde eu deveria entrar estava com uma fila gigantesca. Fiquei ali um tempão e só consegui entrar quando os times já estavam em campo. Nota zero para a organização da Arena do Jacaré. Se com 11 mil pessoas foi esta porcaria para entrar, imaginem com a lotação máxima. Resumindo, fazem tudo para ninguém ir ver o nosso CRUZEIRO. Ingresso caro, horário ruim, estádio longe e ruim e organização nota zero. Quem vai lá é um herói.

7) Terminado o jogo, saí rapidamente e em 15 minutos estava na casa de minha irmã.

8) Hoje, aproveitei para visitar a Gruta Rei do Mato e passei o dia no Hotel Águas do Treme.

9) Um bom passeio, dentro e fora do campo.






O jogo:

1) Entrei na Arena do Jacaré exatamente no meio do campo do lado contrário as cabines de rádio e televisão. Olhei bem e vendo que a Máfia Azul estava do meu lado direito, atrás do gol, fui para o lado contrário, o gol a minha esquerda.

2) Mal sentei e GOOOOOOOOOOOOOOL. Wallyson, 1X0. De repente, tudo que passei para entrar no estádio estava esquecido e vibrei como nunca. A verdade é que este time do Estudiantes estava entalado na minha garganta.

3) Logo vi que a coisa ia ser boa. Nosso CRUZEIRO jogava como CRUZEIRO. Uma raça enorme e com muita técnica. O time foi muito bem armado e treinado pelo Cuca.

4) Jogadores como Gilberto e W. Paulista jogavam muito bem e a torcida, por várias vezes, aplaudia suas jogadas. Então estávamos jogando com onze jogadores. Muito bom.

5) Roger, inspirado pela presença de sua esposa na Arena do Jacaré, jogava como nunca, Montillo era o Montillo de sempre e Victorino formou um barreira intransponível jundo com Gil e Fábio. Sem dúvida era o meu CRUZEIRO em campo. A vingança era apenas uma questão de tempo e eu já começava a agradecer a DEUS por me dar a oportunidade de estar presente ali, naquele momento.

6) Roger, GOOOOOOOOOOOOOOOOLAÇO. 2X0.

7) Montillo, GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLAÇO. 3X0.

8) Fim de primeiro tempo. Aproveitei o intervalo para ver os amigos e conhecer algumas pessoas do Twitter. Muito bacana mesmo.

9) Cheguei bem perto do gramado e ele não me pareceu tão ruim assim como parece pela TV. Vou retirar o título de pasto que sempre dei para ele. Na verdade a Arena do Jacaré é bem melhor do que o Independência. Ponto para Sete Lagoas.

10) Começa o segundo tempo e o Estudiantes volta melhor e quase faz seu primeiro gol mas o CRUZEIRO responde com jogadas também perigosas.

11) Montillo, GOOOOOOOOOOOOOOLAÇO. 4X0. No estádio o gol me pareceu muito mais bonito do que na TV. O chute foi lindo e não pareceu que o goleiro tinha falhado.

12) Wallyson, GOOOOOOOOOOOOOL. 5X0. Melhor impossível. Se com 4X0 já se ouvia um olé por todo o estádio, ai sim o olé foi até o apito final. Musicas foram oferecidas ao careca Verón e a alegria abundou no mundo AZUL.

O verdadeiro Vingador das Alterosas.

Aqui é CRUZEIRO e aqui não conversamos fiado, mostramos dentro de campo onde está a verdade. Foi a maior goleada da História sobre um time Argentino, uma humilhação sem tamanho. Vingança sim. É FATO!!


7 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Aê! concordo com o item 6 do "Aventurando por Sete Lagoas" é um desrespeito com o torcedor aquele portão 2.
    Pensemos: portão 1 e 2 para torcedores que compram ingressos avulsos.
    portão 3 EXCLUSIVAMENTE para sócios-torcedores
    número de sócio torcedores (aprox. 3000)
    já nos outros portões 1 e 2 quase 7000 sendo que na entrada (muito mal assinalada) tendo que dividir estes 7000 entre entrada inteira e meia. é um ABSURDO! (e acreditem conferiram um por um, boleto por boleto)
    Tá certo que devem organizar e blá blá blá, mas será que os intelingentes não poderiam deixar apenas um guichê ou dois para os sócios? e não uma portaria inteira?
    claro que eles tem direito, mas poderiam pelo menos informar melhor e não ser aquela baderna total na entrada. Como diz vc É FATO!

    ResponderExcluir
  3. Caro Sr rkmilo, estavam conferindo um por um mesmo mas quando ficou perto do horário do jogo, liberaram total. É FATO!!

    ResponderExcluir
  4. Sobre a falta de informação, eu concordo com tudo. É FATO!!

    ResponderExcluir
  5. Cucômetro atualizado para +007. Ganhou dois pontos pela vitória e cinco pelo placar. Valeu Cuca. É FATO!!

    ResponderExcluir
  6. Ninguém acertou o Bolão BLC 2011. É FATO!!

    ResponderExcluir
  7. SEU LEONIDAS

    Que passeio é este?
    Ir a 7 Lagoas, terra de meus tios avós inesquecíveis, do meu amigaço MAGUINHO e ver o Cruzeiro sapecar sem dó o time VERÔNICA. Além disto a ida a gruta....

    Sinal de que aos poucos vamos acostumando a 7 Lagoas.

    Estive aí apenas 1 vez, achei melhor que o Independencia velho, mas extremamente sem conforto, sem uma agua ou um picolé.

    Aproveito para pedir a torcida que vá na terça, mas que deem boas borduadas em palhaços que atiram objetos no gramado.

    SIMPLES ASSIM!

    ResponderExcluir

Para comentar é necessário ter uma conta no GOOGLE. Deixe seu comentário, valorize o nosso trabalho. É FATO!!